Sábado, 18 de Abril de 2015

Resenha "Profundamente Sua" - Sylvia Day

Sinopse: Ele era minha droga, um vício que eu não tinha a menor vontade de largar. Gideon Cross era tão bonito e notável por fora quanto atormentado e problemático por dentro. Ele era uma chama ardente e viva que me consumia no prazer obscuro de uma paixão enlouquecida. Eu não conseguia me afastar dele. E não queria. Ele era meu vício? Meu desejo? Ele era meu.Tínhamos passados complicados. Nunca daríamos certo juntos. Era difícil demais, doloroso demais... Mas às vezes parecia perfeito. Os momentos em que nos deixávamos levar por nosso desejo desesperado eram maravilhosos. Acabaríamos escravos da necessidade, e nossa paixão nos levaria além dos limites da mais doce e perigosa obsessão...

 

profundamente-sua.jpg

 

 

Depois que se ler "Toda Sua" fica impossível não querer saber a continuação da história. A autora escreve tão bem que deixa um quê de curiosidade, angustia, necessidade de saber como Gideon e Eva conseguirão levar a diante essa história conturbada, mas necessária, pois em pouco tempo é possível ver que tem muito tesão e tensão entre os dois, mas muito amor também. 


É exatamente o livro o quanto perigosa é essa paixão, que mexe com muita inveja, muitos ex-amores e, principalmente, cada vez mais com seus passados. É, por enquanto, o livro mais intenso da Série e os principais acontecimentos e torcidas acontecem justamente aqui. Também é o livro que começa a ficar claro como Gideon quer salvar Eva de seu passado e Eva, por sua vez, salvar Gideon do seu, mas ambos não percebem que precisam se salvar primeiro de seus passados por si só e não se esquecendo de si pelo outro.
Nesse livro é quando passamos a ver um Cross menos mandão no que diz respeito à Eva e mais sensível para o relacionamento, sendo capaz das loucuras mais inimagináveis pela felicidade de sua amada. Também é nessa parte da história que Eva resolve encarar todos aqueles que fazem/ fizeram mal ao Gideon para que seu amor se livre do passado e da culpa.


Entre muita diversão, tensão, expectativa e vários acontecimentos que podem mudar a história, inclusive os mais picantes que marcam a leitura como Hot, os protagonistas podem não sobreviver a tanta coisa negativa que os cerca, e a necessidade de terem o seu espaço no meio de toda a situação que vivem só pode piorar tudo. Melhor livro da Série Crossfire, porque apresenta com muita lucidez toda a problemática que terá que ser resolvida daqui por diante. 

publicado por criando às 03:38
link do post | comentar | favorito
|

Eu sou assim...

pesquisar

 

Junho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Resenha "Cidades de Papel...

Resenha "Para Sempre uma ...

Resenha "O Cortiço" - Alu...

Resenha do filme "Meu Pri...

13º Evento da "Menina que...

Resenha do filme "Lado a ...

Resenha "Amor e Ordem: o ...

Clube do Livro Saraiva RJ

Entrevista com Taísa Luci...

Resenha "Profundamente Su...

arquivos

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Setembro 2014

Abril 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Dezembro 2009

Julho 2009

Dezembro 2008

links

blogs SAPO

subscrever feeds