Domingo, 1 de Fevereiro de 2015

Caminhos da Floresta

Sinopse: Um padeiro e sua mulher (James Corden e Emily Blunt) vivem em um vilarejo, onde lidam com vários personagens famosos dos contos de fadas, como Chapeuzinho Vermelho (Lila Crawford). Um dia, eles recebem a visita da bruxa (Meryl Streep), que é sua vizinha. Ela avisa que lançou um feitiço sobre o casal para que não tenha filhos, como castigo por algo feito pelo pai do padeiro, décadas atrás. Ao mesmo tempo, a bruxa avisa que o feitiço pode ser desfeito caso eles lhe tragam quatro objetos: um capuz vermelho como sangue, cabelo amarelo como espiga de milho, um sapato dourado como ouro e um cavalo branco como o leite. Eles têm apenas três dias para encontrar tudo, caso contrário o feitiço será eterno. Decididos a cumprir o objetivo, o padeiro e sua esposa adentram na floresta.
 

Caminhosdafloresta_1-650x400.jpg

 

 
Saí do cinema com várias sensações. É um filme diferente. Um conto de fadas com muita realidade. Uma história encantada que mostra os desencantos que existem na vida.

Como no Brasil não temos o hábito e gosto pelos musicais, acredito que muita gente não vai gostar porque é um musical beeeeem musical mesmo. São muitas músicas. Ao ponto de a primeira meia hora do filme (mais ou menos) os diálogos serem todos através de canções. A minha sugestão é: insista! Apesar de ser cansativo esse gênero, o filme é bom.

Primeiro porque reúne várias histórias conhecidas de uma maneira muito inteligente e muitas vezes divertida. Ri muitas vezes ao longo do filme. Segundo porque o final feliz esperado é só a metade do filme. A situação tem reviravolta que é justamente a ponte para chegar ao verdadeiro "final" feliz. A terceira característica, que faz o filme ser tão interessante, é mostrar que personagens encantados não são tão perfeitos assim e nem tão diferentes de nós. Por último, as ligações que são passadas: todos erramos e acertamos, todos temos lados bons e ruins, todos temos momentos bons e ruins, a união faz a força sim e as crianças são a consequência da sua família e do meio que vivem. Cuidado com as palavras e as ações para elas e com elas.

Enfim, é uma história instigante, engraçada e com muitas entrelinhas. Precisa ter mente aberta e um pouco de paciência. Fica a dica de mais uma grande história!

 

publicado por criando às 23:50
link do post | comentar | favorito
|

Eu sou assim...

pesquisar

 

Junho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Resenha "Cidades de Papel...

Resenha "Para Sempre uma ...

Resenha "O Cortiço" - Alu...

Resenha do filme "Meu Pri...

13º Evento da "Menina que...

Resenha do filme "Lado a ...

Resenha "Amor e Ordem: o ...

Clube do Livro Saraiva RJ

Entrevista com Taísa Luci...

Resenha "Profundamente Su...

arquivos

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Setembro 2014

Abril 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Dezembro 2009

Julho 2009

Dezembro 2008

links

blogs SAPO

subscrever feeds